O caldo de peixe

Ingredientes

  • 0,5 kg de espinhas e peles de peixes brancos (nunca reimosos)
  • 0,5 dl de azeite
  • 30 g de margarina
  • Dente de alho
  • 1  cebola
  • 1 colher (café) cheia de pimenta em grão (facultativo)
  • 1 raminho de aipo
  • 1 raminho de salsa
  • 1 cenoura pequena
  • 1 folha de louro
  • 1,5 dl de vinho branco
  • Sal q.b
  • 2 l de água

Como confeccionar o Caldo de Peixe

Os profissionais chamam «fundos» de Cozinhas às preparações cozinhadas a partir de aproveitamentos de carne, peixe, legumes, etc., em geral caldos, molhos e recheios, que são mantidas em reserva para utilização em vários cozinhados.

Uma dona de casa com bom sentido de aproveitamento e com vontade de sempre melhor paladar aos seus cozinhados, precisa de conhecer alguns destes «fundos? de cozinha que, quando bem preparados, são de grande utilidade na preparação de molhos, sopas, arroz, açorda, etc…

As espinhas e peles de peixe (mesmo congelado) são previamente bem limpas e demolhadas em água fria durante 3 ou 4 horas.

Pique o alho, a cebola e a cenoura e ponha-os a refogar no azeite e margarina. Quando começarem a alourar, junte as espinhas e peles bem escorridas, tape e deixe «suar» um pouco. Junte depois a pimenta em grão, a salsa, o aipo, o louro, o vinho branco e a água; tempere de sal e deixe ferver devagarinho, 1 ou 2 horas. De vez em quando limpe as impurezas que vêm ao de cima. Após ter reduzido, por acção da fervura, para dois terços do volume, retire o caldo do lume e passe-o pelo passador. Deixe arrefecer e utilize de imediato ou guarde para usar quando necessário. No frigorífico, este caldo conserva-se alguns dias mas convém fervê-lo antes de o aplicar para confirmar o seu bom estado